Rádio Evangelizar

Rádio Evangelizar

 

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.6/5 (902 votos)




ONLINE
3





Partilhe esta Página



 

Total de visita no site


Rolim de Moura já tem 18 km de ruas asfaltadas
Rolim de Moura já tem 18 km de ruas asfaltadas

Notícia

Estado

27/06/2013 20:36 h

Rolim de Moura já tem 18 km de ruas asfaltadas pelo governo estadual

 

 A cidade de Rolim de Moura está recebendo do governo estadual, o asfaltamento de 22 quilômetros de ruas, como parte do projeto Asfalto Bom, que prevê a pavimentação de mais de 500 km de ruas nos municípios rondonienses.

De acordo com o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Lúcio Mosquini, mais de 80% do contrato já foi executado, o que representa 18 km de ruas pavimentadas. O diretor destaca que a obra é realizada com asfalto usinado, o que garante maior tempo de vida do pavimento.

“Impressiona o ritmo de trabalho implantado pela empresa. Há máquinas por todos os lados. Na última semana saí para caminhar com o governador Confúcio Moura às 5h em Rolim de Moura e a empresa já estava trabalhando”, relata o diretor.

As famílias do comerciante Milton Campos e do pintor Valdemir Perandré estão entre as beneficiadas com o asfaltamento de ruas em Rolim de Moura. Eles relatam as dificuldades enfrentadas por causa do excesso de poeira durante o verão e a lama no período das chuvas. Eles moram nas esquinas da Avenida Aracajú com a rua Tocantins.

Milton diz que durante a exposição agropecuária do município centenas de veículos desviam o semáforo da Avenida 25 de Agosto e Rio Madeira e passam pela Aracajú com Tocantins. Ele é proprietário da Rolim Gás e mora há 24 anos no local, onde pelo menos há 10 toca um comércio Por causa da poeira decidiu fechar a mercearia e hoje trabalha apenas com a venda de gás. Com a chegada do asfalto, Milton garante que vai reabrir sua mercearia.

O comerciante que diz que por várias vezes seu filho, Maurício, de nove anos, já foi encaminhado para tratamento médico em Porto Velho, por causa da poeira. “Tenho uma filha recém-nascida, a Mariele, com quase 60 dias de vida. Fico muito feliz porque ela não vai sofrer com o excesso de poeira. Isso é uma maravilha”, assegura Milton.

O pintor Valdemir lamenta que, por muitas vezes não pode trabalhar. “Trabalho com pintura. Como vou pintar uma moto, por exemplo, enquanto os carros passam e jogam poeira que invade a oficina”, desabafa.

Além disso, relata Valdemir, seus filhos, Natal, de 5 anos, e Natiel, com 1 anos, sofrem com problemas respiratórios. “Minha esposa, Luciene, nem abre as portas da casa. É difícil viver sem qualidade de vida. A comunidade está muito feliz com o asfalto”, garante o pintor.

 

Fonte: Decom/gov

 

Previsão do tempo

 

topo