Rádio Evangelizar

Rádio Evangelizar

 

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.1/5 (24 votos)




ONLINE
2








 

Previsão do tempo

 


Renda de R$ 6,9 mi em Santos x Flamengo é a maior

Renda de R$ 6,9 mi em Santos x Flamengo é a maior da história do futebol brasileiro

Aiuri Rebello
Do UOL, em Brasilia

O duelo entre Santos e Flamengo não marcou somente a despedida do atacante Neymar. O jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, realizado em Brasília, teve a maior renda da história do futebol brasileiro. Com ingressos variando de R$ 160 a R$ 400 (preços cheios, houve também comercialização de meia entrada para estudantes) e  63.501 pagantes presentes no Estádio Nacional Mané Garrincha, o jogo gerou R$ 6,9 milhões de bilheteria e bateu o recorde nacional. 

A arrecadação deste domingo desbancou o recorde anterior, que pertencia ao São Paulo Futebol Clube. Em 2010, o tricolor paulista arrecadou R$ 4,48 milhões na semifinal da Copa Libertadores da América, contra o Internacional, no Morumbi. Na partida,  57 mil  torcedores pagaram ingresso.

Já em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro, o recorde anterior também era do ano de 2010, quando os torcedores do Fluminense proporcionaram uma renda de R$ 2,85 milhões ao clube das Laranjeiras, na partida em que o tricolor carioca sagrou-se campeão nacional, contra o Guarani, no Engenhão.

Na despedida de Neymar neste domingo, os principais responsáveis pela renda recorde não foram os santistas, mas sim os flamenguistas, que eram a maioria esmagadora no Mané Garrincha. A massa rubronegra vaiava Neymar sempre que o craque pegava na bola, além de incentivar muito o Flamengo.

Foram colocados à venda 69.200 ingressos, mais 1.500 camarotes. A capacidade total de público da arena, porém, é de 72 mil pessoas. Quem vai ficar com a maior parte do dinheiro arrecadado é a FBF (Federação Brasiliense de Futebol), que comprou o mando de campo do Santos por R$ 800 mil. A FBF foi responsável pela organização da venda dos ingressos e pela distribuição das credenciais de imprensa. Nas operações, marcadas pela desorganização e pelo amadorismo, torcedores e jornalistas amargaram filas de até quatro horas.