Polícia Civil deflagra Operação Colombo

Data: 19/06/2013 21:46 - Por: Assessoria

Imprimir
 
 

Machadinho – Polícia Civil deflagra Operação Colombo e prende quadrilha que faria roubo de meio milhão de reais

“O nome da operação faz jus ao resultado surpreendente da ação na qual a autoridade policial pretendia apenas combater o tráfico de drogas na localidade.”

Machadinho – Polícia Civil deflagra Operação Colombo e prende quadrilha que faria roubo de meio milhão de reais

A Polícia Civil deflagrou na cidade de Machadinho D’Oeste a operação Colombo com o objetivo de combater o tráfico de drogas no município.

Durante duas semanas de operação foram apreendidos cerca de cinco quilos de entorpecentes (cocaína e maconha) e na noite de terça-feira, 18 de junho de 2013 as ações de investigação tiveram um desfecho surpreendente.

Policiais civis estavam em campana na noite do dia 18 de junho em frente ao Hotel Amazonas, que fica localizado no Centro da cidade de Machadinho D’Oeste, com o objetivo de interceptar uma entrega de entorpecentes. Por volta das 23h o suspeito Marcos A. S., de 32 anos, vulgo “Marquinhos mototáxi” chegou ao local em sua motocicleta, em ato contínuo foi abordado pelos policiais e com ele foram encontrados três invólucros de cocaína escondidos em suas vestes íntimas.

Em seguida, os policiais civis montaram uma estratégia para descobrir a quem seria entregue o entorpecente, o usuário logo foi identificado como sendo Marcos N., de 25 anos, ao ser questionado por um dos policiais em que quarto estava hospedado o suspeito relutante o levou até o aposento, ao entrar tentou fechar a porta para que o policial ficasse do lado de fora e foi prontamente impedido por este. No interior do quarto haviam outros quatro homens e várias mochilas. Ao serem abordados, os suspeitos recusaram-se a atender as ordens do policial que estava sozinho e fingiu negociar com eles para ganhar tempo até a chegada de reforços.

Pouco tempo depois uma guarnição da Polícia Militar chegou ao local para dar apoio. Ao verem a quantidade de policiais no local os suspeitos entraram em pânico, jogaram suas armas por cima do muro e tentaram evadir-se pelos fundos do hotel, mas foram perseguidos e contidos à força pelos policiais.

            Os suspeitos confessaram estar planejando roubar o proprietário de uma loja de materiais para construção local, um dos envolvidos (Marcos A.S.) teria informado que a vítima possuía R$ 500,000,00 (quinhentos mil reais) em seu poder.

Graças a esse excelente trabalho de investigação da Polícia Civil e ao apoio da Polícia Militar, foram presos seis homens, sendo eles: Adriano M. R., 27 anos, Weliton G. R., 26 anos, Cleiton V.S., Ronilson A. R., 25 anos e Marcos N.,25 anos, todos por porte ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha e a Marcos A. S., vulgo Marquinhos Mototáxi pelo crime de tráfico de drogas. Na operação foram apreendidas três armas de fogo calibre 38,cerca de mil reais em espécie, algumas porções de entorpecentes e dois veículos.

O nome da operação faz jus ao resultado surpreendente da ação na qual a autoridade policial objetivava apenas combater o tráfico de drogas na localidade.