Rádio Evangelizar

Rádio Evangelizar

 

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.1/5 (46 votos)




ONLINE
4








 

Previsão do tempo

 


Material era utilizado para embalar drogas.

Notícias

196 leituras | 000 comentário | Notícias | Policial

terça-feira, 28 de outubro de 2014 ALVONOTICIAS

Alvorada do Oeste - Material de Hospital era utilizado para embalar drogas

COMPARTILHE

 

 

A Juíza titular da Vara Criminal de Alvorada do Oeste, Elisângela Frota Araújo Reis, condenou três réus pelo crime de tráfico de drogas, depois de que a Polícia Civil de Alvorada identificou um grupo que atuava no tráfico de drogas naquele município.

Durante o ano de 2011, o SEVIC de Alvorada do Oeste desenvolveu investigações que identificaram grupo criminoso, que atuava no tráfico ilícito de entorpecentes, levado a termo por alguns jovens de classe média da cidade.

O grupo era responsável pela venda de grande parte do entorpecente que era comercializado, na época na cidade, sendo feitas diversas prisões e cumprimento de buscas e apreensões nas casas dos investigados, com a apreensão de drogas dos mais variados tipos, dinheiro, cheque, veículos, munições e um simulacro de arma de fogo.

Em 2012, alguns de seus membros remanescentes foram investigados e as Polícias Civil e Militar acabaram por surpreender o investigado L.G.F.M. dos S. , vulgo “GUGU” em posse de dezenas de pequenos tubos vermelhos, com COCAÍNA em seu interior. Interrogado, ele delatou seu fornecedor, membro do citado grupo criminoso, identificado como E.M. dos S., vulgo “NENÉN”, como a pessoa que teria lhe vendido cerca de 150 dos tais tubos, já com a cocaína.

O trabalho investigativo e revelou que tais embalagens, eram na verdade amalgama de prata, material que era utilizado por dentistas e que tal material deixou de ser utilizado, por causa da alta toxidade do mercúrio, um de seus componentes. Pela grande quantidade “descartada”, só poderia ter sido efetivado por algum grande órgão ou faculdade.

O SEVIC atentou para o fato que o investigado na operação de 2011 T.E.R.G.F. era funcionário comissionado do Hospital Municipal de Alvorada e acadêmico de Odontologia em uma faculdade em Cacoal, sendo feita diligência até a instituição e comprovado que as cápsulas eram diferentes das encontradas com cocaína.

Em diligência no Hospital Municipal e em contato com o diretor e o dentista, à época dos fatos, estes informaram que tal material não era mais utilizado, por sua composição tóxica, mas que o depósito teria tal material em estoque.

Para surpresa da equipe, o chefe do depósito do hospital é tio do investigado T.E.R.G.F. que disse para a equipe que tinha repassado dezenas de embalagens como aquela para o citado investigado.

Em buscas na casa do referido investigado foram encontradas mais cápsulas idênticas a apreendida com drogas.

O mais chocante é que os tubos eram preenchidos com cocaína, sem ser retirado totalmente o conteúdo original, que tem mercúrio em sua composição, substância altamente nociva à saúde.

Da sentença ainda cabe recurso.

Processo número 0000147-87.2012.822.0011

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

fonte: ALVONOTICIAS Visualizar Impressão