Carreta que derrubou ponte na Bolívia foi roubada

Polícia

sábado, 15 de junho de 2013

Carreta que derrubou ponte na Bolívia foi roubada na BR 364

 

A carreta que provocou a queda da ponte que une a cidade de Plácido de Castro (AC), com a Villa Puerto Evo Morales, na Bolívia, pode ter sido roubada antes de tentar atravessar a fronteira. O motorista desapareceu logo após o acidente, mas um homem foi encontrado algemado em um ramal, próximo à cidade de Acrelândia (AC) e afirma ser o condutor original da carreta.

 

Segundo informações de moradores da região, a estrutura da ponte apresentava problemas, inclusive uma placa no local informava que veículos de grande porte não poderiam passar. Mais de 50 carros de brasileiros que faziam compras na cidade boliviana estão sem alternativas para retornar ao lado brasileiro. A única opção para os veículos retornarem ao país é percorrer 300 km até a cidade de Cobija, na fronteira com Brasiléia (AC).

 

De acordo com informações do Batalhão de Infantaria e Selva (BIS), o comando da corporação já está ciente do problema, e deve tomar providências para a construção de uma ponte provisória assim que chegar a autorização.

 

O condutor do veículo foi encontrado algemado em um ramal de Acrelândia, segundo informações da Policia Militar, por meio de uma ligação no 190 que a PM teve conhecimento do fato. Em depoimentos na delegacia de Acrelândia, disse que parou na BR 364 para que uma carona que ele transportava saísse do veiculo, quando três homens armados o abordaram e em seguida o algemaram.

 

Ele foi encontrado por moradores, no ramal da linha 7, próximo à Acrelandia. Quando a carreta caiu na ponte que liga os dois países, os três bandidos fugiram do local. A polícia de Acrelândia e Plácido de Castro estão investigando o caso

 

 

 

Fonte: G1