A bancada federal não fala a mesma língua

Notícia

Rodovia 429

25/06/2014 17:58 h

São Miguel do Guaporé: A bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

 

O sofrimento da população do município de São Miguel do Guaporé com relação ao descaso das autoridades e parlamentares federais parece não ter fim. Pois mesmo depois do senador da república Valdir Raupp ter concedido entrevista a uma emissora de rádio da região e afirmado que as obras seriam reiniciadas dentro de setenta e duas horas, nada, absolutamente nada aconteceu. Não se registra nenhuma movimentação de maquinas ou providencias para se estabelecer acampamento de trabalhadores, o que deixa transparecer que a situação de precariedade permanecerá como está, ou, tende a piorar, uma vez que devido ao período de seca a poeira se torna insuportável.

Mas, o senador Valdir Raupp, mesmo ante as evidencias, mostra-se otimista,  e não poderia ser diferente, segundo uma matéria publicado pela agencia senado que reproduziu o pronunciamento do senador no dia 24, terça feira, ás 19:00” horas o mesmo espera que as obras da Br 429, em especial a travessia urbana da cidade de São Miguel do Guaporé, tenham continuidade. Desta vez o parlamentar foi mais prudente e evitou estabelecer prazo para a retomada das obras, limitando-se a dizer que depois de recomeçadas, os trabalhos estarão concluídos em sessenta dias.

Encerrou seu pronunciamento tecendo elogios ao desempenho da Seleção Brasileira de Futebol na Copa do Mundo por ocasião da partida contra Camarões. Assim: Foi um espetáculo maravilhoso! Sei que o Brasil inteiro vibrou. É isso que nós temos que fazer: vibrar com a nossa seleção, torcer para a nossa seleção ser campeã. Essa é a nossa torcida, a nossa torcida, o nosso desejo, de 202 milhões de brasileiros.

As informações se contradizem

Já em uma nota distribuída á imprensa, o senador Acir Gurgaz disse ter estado com o diretor geral do Dnit, General Fraxe que confirmou a desistência da empreiteira do contrato e que o Dnit adotará medidas cabíveis para punir a empresa e em seguida iniciará novo procedimento de licitação. O que contradiz frontalmente o que vem afirmando o senador Raupp que diz não acreditar que a empresa tenha abandonado a obra.  

Assim como um morador da região observou, o senador Raupp não deu garantias nenhuma. Pelo contrário se mostrou bastante reticente ao dizer que se fosse reiniciada a obra ainda levaria dois meses para ficar pronta. O que reforça as palavras do senador Acir.

Por: Alayr Junior – Fotos: Bernardo

 

Fonte: Jornal Correio do Vale

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua

São Miguel do Guaporé, a bancada federal não fala a mesma língua sobre a 429 e o abandono continua